eTudo Habitação Casa Verde e Amarela: entenda as formas de financiamento

Casa Verde e Amarela: entenda as formas de financiamento

Casa Verde e Amarela: entenda as formas de financiamento

O Casa Verde e Amarela é o novo programa habitacional do governo federal brasileiro que visa proporcionar o acesso à moradia popular para famílias de baixa renda. Ele foi criado para substituir o Minha Casa Minha Vida que há muito tempo já vinha apresentando algumas falhas e sofrendo com algumas fraudes no seu modo de funcionamento.

Publicidade

Desde o início do novo governo Bolsonaro, sua equipe vinha estudando maneiras de melhorar o programa e trazer melhorias para as famílias que são beneficiadas através dele. Chegaram à conclusão de lançar um novo programa, o Casa Verde e Amarela, que na verdade tem o mesmo objetivo, mas somente com algumas mudanças e novas frentes para impedir fraudes e permitir que cada vez mais pessoas sejam beneficiadas.

A seguir, você poderá entender melhor sobre o Casa Verde e Amarela.

Como funciona o Casa Verde e Amarela

O Casa Verde e Amarela é o novo programa habitacional criado para substituir o Minha Casa Minha Vida. Ele continua com o mesmo objetivo: facilitar o acesso a casa própria para famílias de baixa renda, mas chega com muitas novidades para beneficiar tanto aqueles que ainda não adquiriram um imóvel quanto aqueles que já participaram do programa.

O novo programa traz uma redução nos juros, novos grupos de renda, mais benefícios para os moradores do Norte e Nordeste, além da possibilidade de regularizar a situação do imóvel e recuperar empreendimentos que se tornaram “terra de ninguém” ao longo de todos esses anos. Além disso, tem o intuito de melhorar a qualidade de vida das famílias já contempladas, permitindo a reforma e/ou ampliação de seus imóveis, conforme as necessidades.

Já temos muitos detalhes sobre como o Casa Verde e Amarela vai funcionar, mas outras informações ainda estão por vir e por isso nem tudo está 100% certo ainda. Você deve ficar de olho em todos os meios de contato para ficar por dentro de todas as novidades que surgirem.

Principais mudanças no Casa Verde e Amarela

O Casa Verde e Amarela traz diversas mudanças para a população que ainda quer conquistar a casa própria. A redução de juros, por exemplo, é uma novidade e tende a beneficiar principalmente os moradores das regiões Norte e Nordeste. Os moradores dessas regiões poderão contar com taxas de juros a partir de 4,25% para os grupos de renda 1, enquanto os demais que se encaixam no mesmo grupo, terão taxas de juros a partir de 4,50%. Para o grupo 2, as taxas de juros ficarão a partir de 5% ao ano e no grupo 3, ficarão a partir de 6%.

Há também mudanças em relação aos grupos de renda. No Minha Casa Minha Vida, eram 4 faixas de renda e agora são apenas 3 grupos. O grupo 1 é para famílias com renda familiar de até R$2 mil (até R$2,6 mil para Norte e Nordeste), o grupo 2 para famílias com renda familiar de até R$4 mil e o grupo 3 para famílias com renda familiar de até R$7 mil. Antes, o limite máximo para participar era de R$9 mil.

O motivo das condições mais especiais para as regiões Norte e Nordeste é que o governo deseja aumentar as chances dessas famílias, visto que a desigualdade social na região pode ser maior quando comparada com o restante do país.

Financiamento, reformas e regularização fundiária

O Casa Verde e Amarela chegou com novas iniciativas para agradar a diversos públicos. O financiamento habitacional continua, é claro, sendo oferecido para todos os grupos de renda. No entanto, há outros tipos de serviços que são oferecidos de acordo com o grupo de renda. Por exemplo, somente o grupo 1 tem acesso ao financiamento, a reformas e aplicação, regularização fundiária e até quitação de débitos.

Os demais grupos têm acesso ao financiamento, mas não a regularização fundiária e nem sempre para as reformas. A regularização fundiária consiste em regularizar a situação dos imóveis que foram obtidos na faixa 1 do Minha Casa Minha Vida e continuam sem a devida documentação; ao invés de expulsar as famílias dos imóveis, o governo pretende ajuda-las a regularizar os imóveis e coloca-los de fato em seu nome.

Publicidade

A reforma/ampliação é para as famílias que já possuem um imóvel do Minha Casa Minha Vida e querem melhorar a sua infraestrutura, reformar alguma peça, aumentar o imóvel ou algo do tipo. Os beneficiários que possuem alguma dívida com o Minha Casa Minha Vida também terão a oportunidade de quitar todos os seus débitos já no primeiro semestre de 2021.

Como financiar um imóvel pelo Casa Verde e Amarela

Se você quer financiar um imóvel através do Casa Verde e Amarela, primeiro deve se certificar de se encaixar em um grupo de renda do novo programa, pois as condições variam muito de acordo com essa questão. A solicitação do financiamento vai depender também do grupo de renda em que se encaixa.

As famílias do grupo 1, por exemplo, devem solicitar o financiamento diretamente pela prefeitura do município, se cadastrando no Cad Único. A prefeitura realiza um sorteio para selecionar as famílias que serão contempladas. Já aqueles que se encaixam nos demais grupos, podem solicitar o financiamento diretamente pela Caixa.

O governo ainda não revelou muito bem como isso acontecerá, mas é importante já reunir os documentos e ficar atento a todas as novidades para conseguir realizar o seu sonho através do novo programa do governo federal.

Casa Verde e Amarela

O Casa Verde e Amarela deverá ser implantado nos próximos meses, principalmente em 2021. Muitas novidades devem ser anunciadas pelo governo federal, você deve ficar de olho para não perder nenhuma oportunidade.

Se você ainda não conseguiu obter a sua casa própria, essa pode ser a sua grande chance de realizar seu sonho. Por isso, reúna os seus documentos, verifique se atende a todos os requisitos e se inscreva quando for possível. Muitas pessoas estão ansiosas pelo novo Casa Verde e Amarela e com certeza vão se inscrever, por isso participe o quanto antes para conquistar a casa própria.

Publicidade

Comentários através do Facebook