eTudo Finanças Como receber o Auxílio Emergencial de 600 reais do Governo

Como receber o Auxílio Emergencial de 600 reais do Governo

Como receber o Auxílio Emergencial de 600 reais do Governo

Como receber o Auxílio Emergencial de 600 reais do Governo Federal: Os trabalhadores brasileiros estão passando por uma fase conturbada por causa da pandemia do coronavírus (COVID-19). O desemprego tem crescido muito nas últimas semanas pela falta de demanda do comércio e por que muitas empresas ainda estão fechadas, com grande parte de seus funcionários trabalhando de casa, mas sem ter como pagar a todos. Além disso, o Brasil conta com centenas de profissionais autônomos e liberais que também estão vendo a sua renda diminuir.

Com o avanço da pandemia pelo país e cada vez mais pessoas em casa necessitando de ajuda, o Governo Federal brasileiro criou o auxílio emergencial que consiste no pagamento de um determinado valor às famílias que se encaixarem em determinados requisitos, durante alguns meses. O auxílio de 600 reais, como também ficou conhecido, já foi pago a muitas pessoas, mas existem aqueles que ainda nem se cadastraram. Trazemos a seguir todas as instruções para quem também quer recebe-lo.

Veja como funcionará o auxílio emergencial

O auxílio emergencial é um benefício que será pago a trabalhadores autônomos, informais e desempregados que atendam a todos os requisitos impostos pelo governo. Tudo está sendo administrado pela Caixa Econômica Federal, desde o recolhimento dos cadastros dos cidadãos até o pagamento.

Os pagamentos do auxílio emergencial estão previstos, por enquanto, para durarem três meses, ou seja, três parcelas. No entanto, esse período pode ser estendido conforme o período de quarentena em nosso país. Podem receber o benefício também os beneficiários do Bolsa Família, desde que o valor do auxílio seja maior. Nesse caso, os pagamentos ocorrem de forma automática.

As três parcelas serão depositadas na conta que o trabalhador cadastrar no site ou aplicativo da Caixa, ou se não possuir nenhuma, a própria Caixa irá criar uma poupança digital para o dinheiro que poderá ser sacado em datas anunciadas previamente por um calendário.

Quem pode pedir o auxílio emergencial

Para poder solicitar o auxílio emergencial é necessário atender a todas as exigências do Governo Federal. Essas exigências podem ser conferidas por todos os brasileiros através do site ou do aplicativo lançados pela Caixa no início do mês. De acordo com essas informações, podem receber o auxílio todos os cidadãos brasileiros que possuem uma renda familiar mensal per capita de até R$522,50 ou cuja renda mensal total seja de R$3.135,00. Além disso, o rendimento tributável no ano de 2018 dessa pessoa não pode ter sido maior que R$28.559,70.

Há ainda, outros requisitos que precisam ser atendidos, como: não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou outro, com exceção do Bolsa Família; ser maior de 18 anos; estar desempregado; exercer atividade profissional como MEI; mulheres chefes de família.

Lembrando ainda que o cidadão não precisa atender a todos os requisitos de uma só vez. A pessoa que atua como MEI deve ser maior de 18 anos, mas não necessariamente precisa ser mãe chefe de família. Esses são tipos de pessoas que se encaixam para receber o auxílio.

Mais detalhes sobre o auxílio de 600 reais

Como mencionado, as famílias beneficiárias do Bolsa Família irão receber automaticamente o auxílio emergencial, sem necessidade de fazer o cadastro no aplicativo ou site. Esse cadastro deve ser realizado somente pelos cidadãos que não recebam o Bolsa Família e que não estejam cadastrados no CadÚnico do governo.

Já as mães que são chefes de família devem se cadastrar e essas devem receber até R$1,2 mil em cada parcela. Até duas pessoas da mesma família podem receber o auxílio no valor de R$600, sendo que cada uma deverá fazer o seu cadastro individualmente.

A primeira parcela do auxílio já está sendo paga aos brasileiros, mas ainda não há previsões sobre o pagamento das demais.

Como serão efetuados os pagamentos

Ainda há muitas dúvidas sobre os pagamentos do auxílio emergencial e, apesar de milhares de pessoas já estarem usufruindo da primeira parcela, há outros que nem chegaram a recebe-la. Há três formas de pagamento do auxílio: através da conta cadastrada pelo cidadão no aplicativo ou site, pela Poupança Digital para quem não tem conta poupança nem corrente e de forma automática para os beneficiários do Bolsa Família.

No momento do cadastro no site ou aplicativo, o cidadão pode cadastrar uma conta corrente ou poupança que esteja em seu CPF para receber o auxílio. Se não possuir uma em nenhum banco, pode selecionar a opção da Poupança Digital. O dinheiro depositado nessa poupança poderá ser sacado de acordo com o calendário da Caixa, por isso é necessário ficar de olho nas notícias.

Já os beneficiários do Bolsa Família, vão receber o auxílio de forma automática do mesmo modo que recebem o benefício. Portanto, se a sua família normalmente utiliza o cartão Cidadão, poderá sacar dessa forma.

Veja como solicitar o seu auxílio emergencial

O auxílio emergencial pode ser solicitado pelo aplicativo ou site lançado pela Caixa. O aplicativo pode ser baixado em qualquer celular, basta procurar por “Caixa – Auxílio Emergencial” na sua loja de aplicativos. Seja pelo aplicativo ou pelo site, o passo a passo de solicitação é o mesmo.

Vá em “Realize sua solicitação” e leia todos os critérios, no final da página, marque as caixas de diálogo afirmando que você está ciente de tudo e deseja continuar. Então será preciso colocar o seu nome completo, data de nascimento, CPF e nome da mãe. Na página seguinte, informe um número de telefone para receber um código de confirmação. Em seguida, informe qual a sua renda antes da pandemia, sua área de atuação e sua cidade/estado. Se há outros membros em sua família, você deve informa-los, juntamente de seus respectivos CPF.

A parte final consiste em cadastrar a sua conta para recebimento do auxílio ou optar pela poupança digital. Depois, basta conferir as informações e confirmar. O seu pedido terá sido enviado e agora está em análise. A Caixa informa que pode demorar até 5 dias úteis para sair o seu resultado e, depois disso, o dinheiro será depositado. Diariamente, você pode acompanhar sua solicitação usando um código que será enviado para o mesmo número de celular.

Comentários através do Facebook