eTudo Bem Estar Saúde Talidomida

Talidomida - O que é? Para que serve?

Saiba o que é a Talidomida, um medicamento utilizado no tratamento de várias doenças. A Talidomida ficou conhecida mundialmente por conta de seus efeitos colaterais em mulheres grávidas.

Talidomida

A Talidomida é um medicamento que foi fabricado na Alemanha e era usado como sedativo e hipinótico. Em gestantes, o medicamento era comumente utilizado para evitar os enjoos da gravides, mas por causa de sérios problemas que causava em fetos, o medicamento chegou a ser retirado do mercado mundial.

No ano de 1965 foi descoberto que o uso da Talidomida em pessoas com Hanseníase era benéfico, e assim foram aos poucos introduzindo a medicação em tratamentos de outras doenças como AIDS, Lupus, Doenças Crônico-Degenerativas, Câncer e Transplante de medula.

Tratamento para mulheres e homens:

O tratamento com a Talidomida é proibido de ser usado nas mulheres que ainda estão em idade fértil, mas apesar da proibição, alguns médicos ainda a receitam. Mesmo com termos de responsabilidades e esclarecimentos médicos, ambos podem ser responsabilizados por estar ingerindo a droga em condições não favoráveis.

Os homens que estiverem fazendo uso da Talidomida e estiverem em plenas funções sexuais com mulheres em idade fértil, mesmo que eles tenham feito vasectomia, devem usar preservativo. A doação de sangue e de esperma deve ser evitada por esses indivíduos enquanto estiverem tomando o medicamento.

Talidomida no Brasil

No Brasil, a Talidomida é liberada, mas com prescrição médica e em casos específicos por causa das reações adversas. O medicamento ficou, determinado período, fora de circulação até os cientistas descobrirem que ele se fazia indispensável até então no tratamento de outras doenças além do uso pelo qual era permitido para náuseas, tensão e ansiedade.

Talidomida

É proibido o uso deste medicamento em mulheres grávidas. (Imagem: Reprodução)

Por causa do uso em mulheres grávidas (o medicamento era utilizado para evitar enjôos), sem as devidas informações, muitos fetos foram gerados com problemas de má-formação fetal, e as famílias entraram na justiça pedindo indenizações. Nos dias atuais, depois de descoberto como a Talidomida age no organismo humano e seus efeitos adversos, o medicamento é aplicado de forma positiva como tratamento em varias doenças. Até hoje, famílias sofrem com as complicações que foram causadas em fetos, que ficaram conhecidos como “Bebês da Talidomida“, e lutam por seus direitos.

Antes de ingerir qualquer medicamento é importante consultar um medico para que ele possa orientar da melhor forma possível o uso e evitar complicações.


Comentários através do Facebook