eTudo Notícias Turismo Ingresso para o Cristo Redentor

Ingresso para o Cristo Redentor: Onde Comprar

Saiba Onde Comprar o Ingresso para o Cristo Redentor. Com as novas mudanças, o ingresso só é vendido online ou diretamente nos postos de venda credenciados.

Ingresso para o Cristo Redentor

O Cristo Redentor é um dos pontos turísticos mais famosos do Rio de Janeiro, lá é o local onde a maioria dos turistas mais deseja conhecer quando vão passar férias ou conhecer a cidade maravilhosa. O monumento de Jesus Cristo tem 709 metros, está situado desde o dia 12 de outubro de 1931 no Morro do Corcovado e é considerado uma das 7 maravilhas do mundo desde o dia 07 de julho do ano de 2007.

Para visitar o monumento, os turistas precisam comprar um ingresso, porém a venda deles teve algumas mudanças recentemente e muitas pessoas ainda não sabem, e com isso houve muito tumulto e causou filas imensas que duraram mais de uma hora, o que fez com que alguns dos turistas desanimassem e desistiram de ir conhecer. Portanto, se você deseja comprar seu Ingresso para o Cristo Redentor, confira onde poderá comprá-lo.

Cristo Redentor Ingresso

A partir do dia 10 de junho de 2013 terá ponto de venda dos ingressos na Zona Sul, em Copacabana. E a partir do dia 17 de junho de 2013 eles também serão vendidos em casas lotéricas, sendo que serão em mais de 400 casas lotéricas, o que facilitará para os turistas e também para os moradores de toda a cidade. Além dos pontos de vendas físicos, a venda também continuará sendo feita pela internet, através dos sites www.corcovado.com.br , destinado a quem deseja utilizar o trem do corcovado, e no site  www.ingressorapido.com.br, onde é vendido apenas o ingresso.

Essa decisão foi tomada pela Secretaria Municipal de Governo para facilitar a realização da compra, para que a visita ao Cristo seja mais organizada, para que as pessoas possam ter mais comodidade enquanto estão fazendo o passeio, para que as filas sejam evitadas. Além disso, também é uma forma de evitar as ações dos cambistas, as pessoas que não sabiam que precisavam comprar antecipadamente pela internet ou no Largo do Machado, tiveram que comprar por preços mais altos e abusivos com os cambistas. O que causou tumultos no fim de semana em que ocorreu a mudança na compra dos ingressos.


Comentários através do Facebook